Skip to main content

O fim do homem soviético / Svetlana Alexievich ; trad. António Pescada

Main Author Alexievich, Svetlana, 1948- Secondary Author Pescada, António, 1938- Language por; of original work, Russo. Country Portugal. Publication Porto : Porto Editora, 2015 Description 468 p. ISBN 9789720047403 Original title Prémio Nobel da Literatura (Bielorrússia, 2015) Abstract Volvidas mais de duas décadas sobre a desagregação da URSS, que permitiu aos russos descobrir o mundo e ao mundo descobrir os russos, e após um breve período de enamoramento, o final feliz tão aguardado pela história mundial tem vindo a ser sucessivamente adiado. O mundo parece voltar ao tempo da Guerra Fria. Enquanto no Ocidente ainda se recorda a era Gorbatchov com alguma simpatia, na Rússia há quem procure esquecer esse período e o designe por a Catástrofe Russa. E, desde então, emergiu uma nova geração de russos, que anseia pela grandiosidade de outrora, ao mesmo tempo que exalta Estaline como um grande homem. Com uma acuidade e uma atenção únicas, Svetlana Aleksievitch reinventa neste magnífico requiem uma forma polifónica singular, dando voz a centenas de testemunhas, os humilhados e ofendidos, os desiludidos, o homem e a mulher pós-soviéticos, para assim manter viva a memória da tragédia da URSS e narrar a pequena história que está por trás de uma grande utopia Geographical name URSS (Jur. pass.) - Regimes políticos - Séc. 20
Star ratings
    Average rating: 5.0 (1 votes)
Holdings
Item type Current library Call number Status Date due Barcode Item holds
Texto Texto Biblioteca Municipal de Algés
Sala de Adultos - Não Ficção
HIS-PAI RUSSIA ALE (Browse shelf(Opens below)) Available 020184725
Texto Texto Biblioteca Municipal de Carnaxide
Sala de Adultos - Não Ficção
HIS-PAI RUSSIA ALE (Browse shelf(Opens below)) Checked out 16/02/2023 030197587
Texto Texto Biblioteca Municipal de Oeiras
Sala de Adultos
HIS-PAI RUSSIA ALE (Browse shelf(Opens below)) Checked out 17/02/2023 010193213
Total holds: 0

Prémio Nobel da Literatura (Bielorrússia, 2015)

Volvidas mais de duas décadas sobre a desagregação da URSS, que permitiu aos russos descobrir o mundo e ao mundo descobrir os russos, e após um breve período de enamoramento, o final feliz tão aguardado pela história mundial tem vindo a ser sucessivamente adiado. O mundo parece voltar ao tempo da Guerra Fria.

Enquanto no Ocidente ainda se recorda a era Gorbatchov com alguma simpatia, na Rússia há quem procure esquecer esse período e o designe por a Catástrofe Russa. E, desde então, emergiu uma nova geração de russos, que anseia pela grandiosidade de outrora, ao mesmo tempo que exalta Estaline como um grande homem.

Com uma acuidade e uma atenção únicas, Svetlana Aleksievitch reinventa neste magnífico requiem uma forma polifónica singular, dando voz a centenas de testemunhas, os humilhados e ofendidos, os desiludidos, o homem e a mulher pós-soviéticos, para assim manter viva a memória da tragédia da URSS e narrar a pequena história que está por trás de uma grande utopia

There are no comments on this title.

to post a comment.

Click on an image to view it in the image viewer